mulher a sorrir imagem

Como pode proteger os seus olhos do frio?

Já se perguntou o motivo pelo qual, quando está muito frio, os seus olhos lacrimejam ou ardem? A resposta é simples: a radiação solar não é o único fator que afeta a sua visão. As baixas temperaturas e o ar fresco também podem prejudicar a sua visão em vez de a proteger

Por esse motivo, deve ter o mesmo cuidado durante o inverno. Deste modo, quando estiver exposto a ambientes com frio extremo, nomeadamente sítios com neve, é importante que proteja a sua visão para evitar danos.

Existem várias razões pelas quais esse tipo de clima é prejudicial. Não apenas no exterior, mas também dentro de casa, escritório ou qualquer espaço onde os níveis de aquecimento aumentam. Quer conhecê-los?

Então, continue a ler para descobrir informações úteis para preservar a sua saúde visual, desde os motivos que causam desconforto ocular até o que fazer para evitá-los.

6 Causas de desconforto ocular no tempo frio

Sem os cuidados necessários, o resfriado causa muitos problemas nos olhos. Alguns dos sintomas são: secura, sensação de areia, visão turva e, às vezes, conjuntivite. Estas são as principais causas

Clima extremo

Enquanto chove lá fora e o ambiente é húmido, o aquecimento dentro das casas costuma aumentar. Isso faz com que as lágrimas evaporem rapidamente e os seus olhos comecem a lacrimejar por falta de lubrificação. O vento externo também os seca.

Paralisia da córnea

Correr, esquiar ou praticar snowboard sem usar óculos de proteção pode resfriar temporariamente a córnea. Quando expostos a temperaturas abaixo de zero por muito tempo, seus vasos sanguíneos contraem-se, causando dor, irritação e visão dupla.

Radiação solar

No inverno é quando geralmente prestamos menos atenção ao sol. No entanto, os raios ultravioleta não são isentos de perigo, pois são refletidos através do gelo e da neve. Isso geralmente causa queimaduras, tanto na pele do olho quanto na retina.

Cegueira da neve

Este termo refere-se a uma queimadura ao nível da conjuntiva, causada pelo impacto dos raios solares nas montanhas nevadas. A neve atua como um vidro ou espelho através do qual a radiação provoca danos aos olhos, nomeadamente perda de visão temporária.

Sistemas de aquecimento

Se estiver perto de um aquecedor em que o ar está direcionado para o seu rosto, provavelmente os seus olhos irão ser afetados. Isto acontece muito no inverno, pois as pessoas usam aquecedores sem humidificador, o que torna o ambiente extremamente seco.

Alérgenos

Já teve conjuntivite alérgica no inverno? Isso acontece como reação dos seus olhos a algo que os irrita: árvores, mofo ou pelo de animal. O fumo das chaminés também pode ser um fator de irritação ocular e queimaduras.


Como limpar os olhos quando está frio

A higiene dos seus olhos, nomeadamente as pálpebras, cílios e a pela mais próxima, é algo que já faz parte da sua rotina diária. Para lavar estas zonas, é recomendável que o faça com água limpa a uma temperatura ambiente.

Este procedimento deve ser absolutamente estéril, portanto, sempre que o fizer, as suas mãos devem ser bem lavadas. As toalhas com as quais se vai secar devem estar igualmente limpas. Desta forma, evita o risco de infeções.

Cuidados específicos em climas frios

Existem situações de emergência que exigem uma limpeza mais profunda dos seus olhos, em particular, quando algo entra em contacto com eles. Por se tratar de um problema mais delicado, é importante que a limpeza seja feita por um especialista.

Existem também certas patologias relacionadas à visão que requerem atenção frequente, a fim de reduzir os sintomas que causam desconforto e melhorar o quadro. É o caso dos que mostramos a seguir:

Conjuntivite

A conjuntivite, e mais concretamente a do tipo alérgico, é uma das doenças mais comuns durante o inverno. Nesse caso, é necessário lavar o globo ocular pelo menos três vezes ao dia, com soro fisiológico ou produto específico para retirar toda a sujidade e alérgenos.

Blefarite

Esta patologia, também atribuída ao frio, caracteriza-se pelo aparecimento de reumatismo, vermelhidão, sensação de algo estranho, sensibilidade à luz e perda das pestanas. Alivia-se limpando a região palpebral com uma compressa embebida em água morna.